quarta-feira, 28 de abril de 2010

Princesas

videoOs filmes conseguem, como os livros, criar desejos e ideais que sabemos que nunca conseguiríamos ou mesmo que a probabilidade deles acontecerem é praticamente nula. Então por que sonhamos com príncipes encantandos? Ou por que desejamos a cada momento que aconteça conosco aquela belíssima cena daquele filme famoso?

Quem nunca tentou reproduzir a famosa cena do cantando na chuva quando estava sozinho na rua segurando seu guarda-chuva? Ou mesmo não desejou um Romeu em sua sacada, recitando dizeres promiscuamente puros e sinceros.

Anos das vidas de muitas meninas são perdidos vendo e lendo esses contos de fadas perfeitos para alimentar a imaginação delas sem nenhum objetivo. Esse homem não existe, é um ideal totalmente inventado ou morreu gerações atrás, os meninos de hoje são outros.

Esse não é um post falando mal dos homens ou mesmo para os descrever como são hoje. É um desencargo de consciência, uma liberação de dogma interno. Chega de ser princesa!

Passei a vida toda sendo chamada de princesa por muitos, especialmente por meu pai. Que, agraciou-me com um nome gigantesco e trabalhoso de ditar/escrever com nenhum fundamento. "ela é uma princesa, tem o nome de tal e só a chamarei assim!" palavras dele ao ver um bebê com cara de joelho, pais....

Passei minha vida toda ouvindo como uma verdadeira moça deveria se prostrar, como comer, agir, vestir, até que instrumento tocar. Admito que fugi propositalmente de muitos desses conceitos como uma forma de afronta a sociedade especialmente a familiar.

Contudo, bem lá no fundo, queria ser como elas ou melhor, eu era! Sei alguns conceitos de ballet, tenho uma ponta "linda", sei o combo (costurar, lavar, passar, cozinhar, arrumar a casa, cuidar), vou tocar piano e cantar lindamente em sarais familiares. Acho que queria mais por querer ser como as princesas dos filmes e desenhos. Elas regaram a minha infância e são presentes até hoje nos livros que leio.

Talvez eu queira viver é um conto de fadas. Local que tudo dá certo e acaba bem no final; que, além de programado passo a passo, sabe-se que os atos tem objetivo para o bem, que as pessoas más são realmente punidas, que animais falam, que a vida é mais simples, que o destino reserva coisas boas.

Por um fio, sensação meio Hércules da Disney. Porém tudo ao meu redor está por um fio de explodir, de dar certo, de dar errado, de chorar, de entrar em colapso, de melhorar, de piorar, de acabar, de começar, de mudar... Um fio, uma faísca e a supernova acontece! Isso não acontece em contos de fadas, mais um motivo para eu querer me esquivar para um. Uma simples fuga de realidade é bom, por isso quero fazer o processo contrário de Encantada. O mundo real é chato e trabalhoso. Alguém me carrega para um mundo de fantasia?

Não quero ser carregada para um mundo criado e lindo a dois, não! Esses tipos de mundinhos são cheios de trincas prestes a quebrar e revelar o mundo real novamente. Não quero mais essa realidade....

Ah.....acho que no fim tudo não passa de um medo do futuro que a mim é reservado. Medo do que pode acontecer em poucos dias ou o que será da minha vida daqui a três meses. Queria saber, mesmo que não seria a solução para todos os meus problemas e perderia a graça e a motivação para agir e acreditar em muitos dos casos.

Não sei como terminar esse textos, foram tantos pensamentos e momentos diferentes escrevendo ele que já me perdi (literalmente, mesmo relendo). Pelo menos coloquei todas as idéias dessa vez.... Eu acho!

Eu queria morder a maçã, furar o dedo na roca, cair no buraco certo e/ou ser pega pelo furacão; qualquer coisa para me carregar para a realidade melhor que essa.

Eu só queria acordar amanhã e tudo estivesse normal de novo, já está tudo mal de mais. Ainda vai piorar? "#desabafo"

2 comentários:

  1. Nananinanão! Não irá piorar! Rum. =] Meu bem... Só o tempo dirá sobre o futuro. Às vezes, o príncipe pode não vir em carruagens nem com belas roupas ou uma espada mostrando o lado viril dele. Basta ser um cara com quem você nem note o tempo passar. Um cara fiel, carinhoso e ... Calma. Há ainda homens assim! haushauhsuahs
    Adorei o texto e a relação dele com os contos de fadas. D+ Parabéns!
    hehehe
    *.*

    ResponderExcluir